QUEM SOMOS

SOLIDEZ COMÉRCIO IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA CNPJ 67.539.635/0001-32 ,  fundada em 1992  trabalha com a importação, exportação, montagem  e comercialização de veículos leves como  motocicletaswww.solidezimports.com.br  e quadricíclos.

Depósito. Rua Moreira, 215- São Paulo -SP fone 11 2922-3050

A HISTÓRIA DOS QUADRICÍCLOS

O termo quadriciclo (usualmente chamado de moto quatro em Portugal) ou ATV ("All-Terrain Vehicle" em inglês) é utilizado geralmente para descrever um pequeno veículo motorizado aberto com quatro rodas, desenhado para uso off-road. Todavia, o American National StandardsInstitute (ANSI) define um ATV como um veículo que se movimenta sobre pneus de baixa pressão, com um assento onde se instala o operador e um guidom para controle de direção. Pela definição corrente do ANSI, o veículo é destinado a um único ocupante, embora uma mudança para dois assentos já tenha sido implantada pelos principais fabricantes, que na maioria das vezes oferecem os quadriciclos em 2 versões.

O condutor opera estes veículos como uma motocicleta, mas as rodas extras lhe dão mais estabilidade em baixa velocidade. Embora tipicamente sejam equipados com três ou quatro rodas, existem modelos com seis rodas para aplicações especializadas. A capacidade dos motores que equipam os ATVs vendidos hoje em dia (2007) nos Estados Unidos, varia de 50cc a 1000cc.

Início

Os ATVs já eram fabricados nos Estados Unidos uma década antes de veículos de 3 e 4 rodas serem introduzidos pela Honda e outras empresas japonesas. Durante os anos 1960, numerosos fabricantes ofereciam pequenos veículos off-road similares, desenhados para flutuar e capazes de atravessar pântanos, lagoas e cursos d'água, bem como terra seca. Tipicamente construídos com uma "banheira" de plástico resistente ou fibra de vidro, tinham geralmente seis rodas – todas manobráveis – com pneus-balão de baixa pressurização (cerca de 3 PSI), nenhuma suspensão (além da oferecida pelos pneus) e barras de direção deslizantes. Estes ambiciosos primeiros modelos anfíbios foram os veículos todo-o-terreno originais – ou ATVs. Contrariamente à definição moderna do ANSI para ATVs, eles foram planejados para vários ocupantes sentados em seu interior e eram controlados por volantes ou manches, em vez de guidões de motocicleta, como na definição em vigor hoje em dia.

Após o advento dos ATVs "montáveis", com três ou quatro rodas, estes mais ou menos se apropriaram do termo, deixando que a variedade flutuante 6X6 e 8X8 se tornasse conhecida como ATV Anfíbio. Marcas modernas destas máquinas incluem Argo e MAX. Embora não tão rápidas quanto os outros ATVs, elas podem ser operadas com precisão em baixas velocidades, e efetivamente, possuem a capacidade de flutuar. O giro dos pneus é suficiente para impelir o veículo através da água, embora de maneira lenta.

Problemas de segurança com ATVs de três rodas fizeram com que todos os fabricantes mudassem para os modelos de quatro rodas em fins da década de 1980; os triciclos pararam de ser produzidos em 1987. O peso mais leve dos triciclos os tornaram muito populares entre alguns pilotos experientes. Fazer curvas num triciclo é mais desafiante do que em máquinas de quatro rodas, porque se inclinar na curva é muito mais importante. Os pilotos podem virar se não tiverem cuidado. A parte frontal dos triciclos obviamente tem uma única roda, tornando-a mais leve, e tombar para trás é um risco potencial, especialmente quando subindo uma duna ou colina. Tombamentos também podem ocorrer ao descer uma ladeira íngreme. As restrições legais no mercado estadunidense expiraram em 1997, permitindo que os fabricantes voltassem a fabricar modelos de três rodas. Todavia, existem poucos sendo comercializados nos dias de hoje.

Ainda hoje, os modelos continuam a ser divididos em mercados esportivo e utilitário. Os modelos esportivos são geralmente pequenos, leves, com tração em duas rodas e rápida aceleração, transmissão manual e velocidades de até 145 km/h. Os modelos utilitários são geralmente maiores, possuem tração nas quatro rodas e atingem um máximo de 104 km/h. Possuem a capacidade de arrastar pequenas cargas em reboques ou mesmo pequenos trailers. Devido aos pesos diferentes, cada tipo é mais eficiente num determinado tipo de terreno.

Modelos de seis rodas também podem apresentar pequenos reboques com um par extra de rodas na traseira para aumentar a capacidade de carga. Eles podem ter tração nas quatro rodas traseiras ou em todas as seis.

Off Road ou Fora de estrada é um termo do vocabulário inglês que literalmente quer dizer "fora de estrada" e designa atividades variadas praticadas em locais desprovidos de estradas pavimentadas, calçadas ou de fácil acesso e trâmite. Geralmente os locais preferidos para prática do off road são os mais distantes de cidades e desprovidos de infra-estrutura urbana. O contato com a natureza é algo desejado e apreciado e o objetivo desta atividade é superar as dificuldades de acesso e transposição impostos pela natureza como por exemplo na forma de lama, pedras, erosões, subidas e descidas íngremes, neve, alagamentos, etc.

Atualmente o off road está associado à adrenalina e à velocidade pois as atividades mais comuns utilizam-se de veículos motorizados como motos, quadricíclos,  Jeeps e camionetes, mas também existem atividades off road praticadas com cavalos,  bicicletas e também a pé.

O Off-Road motorizado que hoje é utilizado como esporte e terapia pelos seus praticantes, nasceu de uma necessidade de guerra. Os primeiros veículos foram criados durante a 2ª Guerra Mundial com o objetivo de penetrar e deslocar tropas e soldados em locais de difícil acesso.

Atividades off road podem ser praticadas como lazer e também como competicões organizadas. Em termos de competições temos os Enduros, Rallys, Raids. No Brasil anualmente é realizado o Rally dos Sertões que apartir de 2004 passou a englobar paises vizinhos e é considerado o maior rally da américa latina. Em termos globais, o Rally Paris-Dakar é tido como o maior e mais perigoso rally do mundo e também é a atividade off road com maior prestígio na mídia.

Por sua natureza de "desafio" o off road é tido como atividade de risco e requer o uso de equipamentos de proteção, basicamente, capacetes, luvas e óculos de proteção; entretanto a gama de equipamentos pode variar bastante de acordo com o tipo de atividade off road praticada.

Uma parte muito importante para seu veículo Off Road é a manutenção deve-se estar atento se o seu mecânico e a sua oficina oferecem suporte e segurança ao seu veículo.

Facebook: https://www.facebook.com/Quadriciclo

Blog:    http://www.dzai.com.br/quadriciclo/blog/quadriciclo

 

 

 

 

 
     
Copyright © 1992-2014 SOLIDEZ COM IMP E EXP LTDA- 55 11 2922-3050